Royal 2017, rotação e Confronto Aracnídeo!!!

sexta-feira, 15 de setembro de 2017
Posted by Guilherme Horta
Fala BS maníacos!!!!!

Meu nome é Guilherme Horta (Gjh para a galera do BS online) e estou aqui no "O Clarim" mais uma vez pra falar um pouco sobre nosso jogo de cartinhas.
😬

Esse post não tem um objetivo único, escrevo para dar minha humilde opinião sobre o Royal 2017 e falar muito pouco sobre a rotação que virá no início do ano que vem e a nova coleção do cabeça de teia.


Vamos começar com o Royal?!
Galera, esse foi meu 2º ano de Battle Royal e posso dizer que, sem sombra de dúvidas, foi uma experiência muito melhor que a do ano passado. Digo isso por vários motivos e explico alguns pontos a seguir:
- O check in foi aperfeiçoado com a divulgação da lista de inscritos na internet, se seu nome estava na lista, então já estava tudo ok. Claro que divulgar a lista num arquivo de Excel é algo que pode ser melhorado, mas já foi um belo avanço.
- Outro ponto para a COPAG foi a possibilidade de inscrições in loco. Não me lembro de ter visto isso no ano passado e, como somos brasileiros, sempre temos complicações que só se resolvem em cima da hora.
- Depois vem a divulgação da primeira rodada SEM ERROS. Ano passado eu e alguns amigos acabamos jogando a primeira partida na mesa errada devido àquela confusão. Perdemos a primeira partida e ainda por cima queriam nos desclassificar do torneio. Tivemos que argumentar com a organização. Ainda em 2016, tentaram me eliminar mais uma vez porque perderam minha Deck List e disseram que eu não havia entregado! Dá pra acreditar? Mas acabou sendo resolvido também.

No final das contas tive um resultado bem +- no Royal 2016 e fiquei em 59º.
Nesse ano, o Battle Royal 2017 foi uma experiência muito melhor. Tudo correu perfeitamente, ao menos pra mim, e talvez até a ausência dos sorteios das ultras da próxima coleção tenha ajudado, pois acelerou o desenvolvimento do campeonato e terminamos o primeiro e o segundo dia mais cedo que no ano anterior.
Minha única ressalva para a organização é que a galera que se inscreve apenas para retirar o kit de inscrição ainda atrapalhou bastante. Eu mesmo, na minha 2º rodada, não encontrei adversário, pois a garota (Sylvia, se não me engano) abandonou o torneio. Isso provavelmente jogou meu aproveitamento para baixo devido à pontuação dos oponentes ser um fator de desempate. Para resolver este problema, a COPAG poderia fazer exatamente o que fez no início do segundo dia, quando anunciaram uma chamada para as mesas numeradas somente para confirmar quem estava ali e quem já havia abandonado o torneio. Depois disso, sortearam os jogos só com os que confirmaram a presença. Sugiro que ano que vem seja feito assim também, uma chamada para confirmar presença e/ou entrega dos kits e depois uma chamada para a primeira rodada. Quem quiser apenas o kit não assina o papel, mas pega o kit e pronto, pode ir embora.
Meu resultado no Royal 2017 foi quase o mesmo de 2016, fiquei em 52º. Se eu prosseguir nesse ritmo, talvez eu seja o campeão em 2025.
😑

O que eu gostaria de ressaltar é que eu, assim como muitos, meros mortais, que vamos para o Royal com o intuito de diversão (claro que todos sonham em vencer, mas por motivo de justiça, vencem aqueles que se preparam mais), podemos nos alegrar por ter passado ótimos momentos de diversão nesse ano.
A divulgação dos spoilers, a presença de combos infinitos (vilão do torneio kkkk), o kit de inscrição, a galera sempre gente boa demais, tudo isso fez do Battle Royal 2017 uma experiência única!!!

Chega de Royal por enquanto!
Não pretendo me alongar sobre a rotação e a próxima coleção, mas queria dizer algumas poucas impressões que tenho como jogador desde meados de 2014 (comecei em PO). O Battle Scenes é, de fato, um jogo complexo. Não é qualquer jogador de TCG que se dispõe a aprender, pois as regras e a mecânica estão um degrau acima dos jogos mais populares. Isso já limita um pouco o público alvo. O que compensa isso é a temática,que costuma atrair muitos curiosos com as "cartinhas de bonecos da Marvel" (tem o preço também, mas prefiro não falar sobre isso dessa vez, beleza?).
Sabendo que o público do jogo não é tão grande como o dos demais TCGs, vira e mexe vemos o jogo dar aquela esfriada... Dito isso, tiro meu chapéu para a COPAG.
Na minha visão, o lançamento de uma coleção tão forte como a que está por vir (com a temática do aranha), aliado à rotação de várias coleções anteriores, vai ajudar bastante o crescimento do jogo.
Calma porra! Vou explicar!!
A gente sabe que os decks não têm evoluído muito nos últimos tempos, todos os decks utilizam as mesmas staples de sempre. Na minha ótica isso deixa a galera "acomodada" na hora de comprar boosters e cartas avulsas. A cada lançamento de coleção, o que eu via era o seguinte:
- Nossa, essas duas cartas entram no meu deck.
- Caracas!!! Essa carta aí encaixa direitinho no meu deck!!!

Sejamos francos, como os lojistas fazem com um jogo assim? Nós que acompanhamos o jogo sabemos que várias lojas desistiram do BS só porque NÃO DÁ LUCRO. Tirando os colecionadores, a galera compra aquela box de meio com o amigo pra pegar aquelas 2 ou 3 cartas que precisa e pronto.
Com a nova coleção + rotação, acredito que teremos novos ânimos para o jogo. Os tribais estão se fortalecendo cada vez mais e as novas coleções prometem cartas mais fortes, que certamente terão slots garantidos nos decks competitivos. Pode ser que não, mas me parece que não adianta mais ficar insistindo naqueles decks antigos. Agora, ou você compra boosters e vai à procura de trocar suas cartas pra montar novos decks ou vai acabar ficando pra trás.
Afinal de contas galera, uma boa parte da diversão de jogar TCG, ao menos pra mim, é reunir com a galera para conseguir as cartas, negociar as trocas, bolar novas estratégias e jogar conversa fora. Isso estava se perdendo um pouco no BS, ao menos na minha cidade, porque a galera só se reunia mesmo nos dias dos torneios.



Por fim, volto a falar do Royal 2017 e deixo aqui meus parabéns a todos que participaram de alguma forma do Battle Royal 2017!! Para a COPAG que nos proporcionou toda essa diversão, para o Lucas/Pink que foi o campeão, para todos que ficaram no top 8 jogando muito bem, para a galera de JF e de Viçosa que vivenciou a viagem comigo e também para todos que simplesmente engrandeceram o torneio com suas presenças, nos permitindo passar um fim de semana muito divertido!!
Esse ano conheci pessoalmente alguns do BS online (Ítalo - figurassa, Luiz Otávio - vendedor de doces kkkk) e até joguei com alguns (Tilber - criador do online, Ricardo Albertoni - adm do grupo, Leonardo - não lembro o sobrenome kkk). Infelizmente perdi a foto do grupo, mas fui até entrevistado pelo barbicha da Copag enquanto comia meus "salamitos" durante a 2ª rodada, quando a garota abandonou o torneio (espero que não vá ao ar...kkkkkkkk).
😜

Valeu demais a viagem!!!!

Obrigado por acompanhar nosso blog, galera!!!!

HALLOWEEN O CLARIM BS - SPOILERS

segunda-feira, 31 de outubro de 2016
Posted by luiz vilar



Boa atarde galera do BS

Estamos de volta!!!!

Não no formato que desejávamos, devido a alguns imprevistos (maldito Shocker, acabou com  a rede elétrica e levou meu PC) , na próxima semana acreditamos que já estaremos estreando um novo formato no canal O Clarim BS e o quadro "BS com Besteira".
Venho hoje falar um pouco a respeito dos spoilers da nova coleção DESPERTAR SOMBRIO e a expectativa da redação do Clarim com relação a coleção.

Começamos falando um pouco do Morbius V2, uma carta forte para o deck de predadores e que acreditamos que vai trazer o Morbius V1 para o jogo,  ele veio numa configuração regular de 3/1 porém forte na combinação dos poderes e seu texto permanente.  Vem como auxilio forte para o deck, dando um penetrante no personagem que entra em cena ao incapacitar um predador, ponto falho que já identificamos, este seria um grande momento para trazer a tona a afiliação legião de monstros.
Ele vem como N/A impossibilitando a utilização de cartas como União Inabalável ou Invasores Sangrentos se não estiver carregando sua V1.



SANGUEEE!!!


A segunda aparição do DESPERTAR SOMBRIO, foi a amada e odiada Nico Minoru, mas de cara nova como Irmã Grimm. Ela vem com a temática mágica da coleção em seu texto já trazendo referência a outra carta que também já esta sendo esperada ansiosamente: o Cajado do Absoluto.
A aparição desta nova Nico já era esperada nesta coleção, mas abre as portas para uma outra personagem: Tina Minoru, mãe da Nico e membro ativo do grupo de vilões chamados de O Orgulho, ( eu acredito numa ultra).



"WHEN THE WORLD GOES CRAZY YOU RUN..."


Por último, e não menos importante, na verdade até muito importante recebemos o spoiler do demônio Coração Negro, uma carta muito esperada e que todos acreditavam que viria ultra devido ao seu imenso poder no universo Marvel, mas ao contrário do esperado essa carta veio com raridade "raro".
Coração Negro veio forte com uma configuração 7/3 Predador e a combinação de poderes magia regeneração e telepatia. Essa configuração de 7 de vida já traz a possibilidade de entrar com este personagem usando titã descontrolado e com texto permanente que pega um personagem do recurso e coloca em sua mão caso já esteja em cena desde no inicio do turno, vantagem esta que torna eficiente no deck de toolbox.

OOO BICHINHO FEIO...


Mas nem só de passado vive o Clarim BS, a COPAG entrou em contato conosco convidando nos a participar de uma brincadeira de Halloween, a COPAG distribuiu vários pedaços de spoilers por seus parceiros e a brincadeira é procurar e juntar os pedaços para montar as cartas, e aí vai nosso pedacinho rs.



Este personagem misterioso vem como os poderes super força ataque a distancia e genialidade, acreditamos que está faltando mais um poder ali ,talvez seja vôo, ele é vilão tem o número 14 e deve estar entre a letra “c” e “e” e com texto permanente que aparenta ser de predador, carta incomum.
Nós aqui da redação do Jornal entramos em contato com J.J.Jameson, responsável pelo jornal, e ele acredita que a mensagem esta incorreta e que este nobre senhor seria um herói que vem defendendo NY contra a vilania daquele cabeça de teias. Será?


É isso ai, por hoje nós ficamos por aqui e semana que vem voltamos com o canal O Clarim BS para falar um pouco da nova coleção e a expectativa de alguns dos jogadores queiram participar do maior torneio de BS do Brasil. 

CAPA N° 24 - O CLARIM BS

sábado, 9 de julho de 2016
Posted by Daniel Dorigo
Tag :

"É DIA DE DECK" - CHÁ DAS SEIS

quarta-feira, 1 de junho de 2016
Posted by luiz vilar


Fala galera complementando o post do campeão do torneio de aniversario vamos conhecer um pouco a respeito deste Deck inusitado e sua jogabilidade. com vocês as palavras do campeão.





Vou falar nesta parte do post um pouco sobre meu Deck e suas varias possibilidades de jogo;

Meu deck possui a base de magia com habilidades complementares de telepatia, genialidade e vôo, o deck se adapta ao adversário podendo ser jogado como the wall, controle ou pancada, o deck possui uma boa compra com investigação silenciosa, roubo de idéias, tecnoassalto, olho de agamoto alem do cenário descobertas infindáveis, uma defesa solida feita por Vampira V2, Cassandra, Rei das Sombras, Mago o cenário união inabalável entre habilidades como seduzir e dispersar intelecto, a parte de controle e bem efetuado por Dr Estranho V1 ou V2 carregando influenciar futuro e itens mágicos junto com sussurros da mente  pra da o controle da mão absoluto e tirar algo que possa voltar o oponente ao jogo, o roubo de idéias faz tanto a função da compra quanto a de tirar as cartas da mão do oponente, o dano fica por conta de Selene, Feiticeira Escarlate e a forte Nico Minoru usando habilidades como ventos de wattomb e rompante místico, alem dos danos penetrantes de invasão etérea, a reciclagem de cartas e feita com necromancia e supercomputador, o deck e bem completo e todas as cartas tem suas devidas funções e as fazem sem deixar nada a desejar, o deck tem muitos combos possíveis que podem me dar a vitoria a qualquer momento ou evitar que o oponente termine o jogo.


Bom e isso ai galera..... ate a proxima






segue a deck list: 



Report torneio de 3° aniversario BS

sábado, 28 de maio de 2016
Posted by luiz vilar



Report torneio de 3° aniversario BS



Fala galera no dia 22/05/2016 rolou aqui em juiz de fora o torneio 3° aniversario do Battle Scenes nosso jogo amado realizado pela loja Coração das Cartas e hoje segue reporte de nosso grande campeão Demi cunha, e com você.


Bem amigos da liga BS JF, neste final de semana tivemos o torneio de aniversario BS, o torneio contou com 17 jogadores entre eles um viajante de Muriaé que veio jogar, bom o torneio foi dividido em 4 partidas sem corte pra semi-final e final (formato estipulado pela copag), vou falar um pouco das minhas partidas, minha primeira rodada foi contra o jogador Denner com seu poder cósmico nada previsível, um deck fora do padrão de poder cósmico habitual e com muitas jogadas diferenciadas, após um inicio de jogo complicado veio meu algoz pra mesa, o colecionador, tive um pouco de dificuldade pra lidar com ele e em seguida o vigia, mas no final consegui controlar a mesa e ganhar o jogo com resultado de 17x6, minha segunda partida contra o jogador Pedro Rodrigues (segundo lugar na academia vingadores)e seu temido deck de Iluminate que contava ainda com três concentrar poder e a Esperança, porem como meu adversário não conhecia muito sobre o deck de magia a Nico entrou em cena no primeiro turno acompanhada de Vampira e Feiticeira Escarlate, e a própria Nico praticamente liquidou a partida me dano uma boa vitoria de 21x0, minha terceira rodada foi contra o Fernando e o forte deck de Ultron(essa partida tinha gosto de revanche para o mesmo, que uma semana antes já havia perdido na liga bsjf pro meu deck), pra variar o deck chato de mais de Ultron abriu mesa com Ultron 61k e começou os turnos de 5 mim que ultron faz, o jogo foi muito disputado ficando 3x2 pro Fernando por um bom tempo, porem consegui anular todos os personagens dele em cena e me salvei de uma era de ultron com união inabalável, e quase acabando o tempo eu virei a partida para 8x3 matando um ultron 6, e como ele já não tinha mais com quem agir ficou sem volta ao jogo, a ultima partida foi contra Luiz Eduardo (Duds) o cara que me ensinou a jogar BS, (essa partida tinha clima de revanche pra mim, pois havia perdido pro mesmo no torneio guerra do infinito em Poços de Caldas-MG), e foi uma partida bem aberta e disputada, onde o Duds tentava bater e eu tentava me defender, ao final a partida 3x2 pro Duds e uma virada faltando 15 segundos para o fim do jogo, nova mente com uma mesa encabeçada por Nico Minoru. No mais foi um ótimo torneio, bem disputado e com partidas bem complicadas, e so pra não perder o costume #chupafernado kkkkkk wleu galera....

SIMMMMMMMM...


DEMI CUNHA.




OBS.:
1- deck list do campeão será divulgada amanha;
2- premiação da copag chegou 3 dias depois da realização do torneio. 

por enquanto fiquei com a foto da galera no final do torneio.


"É DIA DE DECK" - SPIDERVERSE (FOR FUN)

quarta-feira, 4 de maio de 2016
Posted by Daniel Dorigo
Tag :


Olá jogadores de Marvel Battle Scenes,

Estamos aqui hoje para falar sobre um deck diferente!

Criei esse deck pensando somente em personagens do universo do Homem-Aranha a princípio e com tempo resolvi limitá-lo mais ainda. Que tal um deck somente com personagens que possuem a palavra "ARANHA" no nome?

Chegamos ao deck SPIDERVERSE!

Este deck é para formato "For fun" e devido às próprias limitações que estipulei é difícil de enfrentar decks no formato meta, mas mesmo assim a diversão é garantida!

SPIDERVERSE


LISTA DAS CARTAS

PERSONAGENS - 19
3x Contraparte-Aranha
2x Homem-Aranha (Mac Gargan)
3x Homem-Aranha (Peter Parker - V3)
3x Homem-Aranha (Peter Parker - V4)
3x Homem-Aranha Superior
2x Homem-Aranha (Miguel O'hara)
3x Mulher-Aranha

SUPORTES - 5
1x Chamariz Holográfico
1x Gerador P.E.M.
1x Portal para o Microverso
1x Prisão 42
1x Toupeira mecânica

CENÁRIOS - 9
1x Bater em retirada
1x Câmeras de vigilância
1x Descobertas Infindáveis
2x Entrincheirados
3x Flores e Espinhos
1x Posicionamento estratégico

HABILIDADES - 27
3x Adaga Psíquica
3x Amarras invisíveis
3x Atacar e espionar
2x Atrasar
1x Cubo Cósmico
1x Incursão surpreendente
3x Investigação silenciosa
1x Joia do infinito - Tempo
1x Manto de Levitação
1x Olho de agamotto
1x Seduzir
1x Simbionte - Venom
1x Suborno
3x Sufocamento
1x Super computador
1x Treinamento intenso

- COMPRAS

As compras do deck ficam por conta da famosa Investigação Silenciosa, que a princípio somente Homem-Aranha V4 e Mulher-Aranha podem usar, mas o deck conta com Manto de Levitação e Cubo Cósmico que podem dar o poder de Vôo aos outros personagens.

Também temos as cartas Atacar e Espionar para comprar. Sim! O deck sentiu muito com o banimento da carta Resgate Enroscado, pois além de agilizar a compra, fazia parte a reciclagem das cartas que vão para o recurso, problema que ainda não foi resolvido, pois estão acontecendo testes com Super Computador para essa função e o deck carece de Genialidade. Lembre-se Atacar e Espionar comba com os itens mágicos, pois podem ser descarregados, durante a fase de preparação ao darem lugar para os itens mágicos que estavam nos recursos.

Para completar temos 1 cenário Descobertas Infindáveis e uma carta Suborno, que além de auxiliar na compra auxilia no controle de incapacitações dos personagens do adversário. Homem-Aranha Superior, Contraparte-Aranha e Homem-Aranha (Mac Gargan) podem usar o suborno. Esses 2 últimos somente com o Cubo Cósmico.

Ex: Desce Personagem sem vôo carregando 1 Atacar espionar, 1 Investigação silenciosa pelo menos e sem os itens mágicos (Manto de Levitação ou Cubo cósmico) em seguida carregue o Manto de Levitação neste personagem descarregando o Atacar e Espionar e já compre 1 carta. Agora com vôo você pode usar Investigação silenciosa e comprar carta e gerar recurso.

- CONTROLE

O controle do deck fica mais na parte das incapacitações e não possui controle de mão do oponente, mas há a possibilidade de testar a carta Arrancar das Mãos caso prefiram! As incapacitações ficam por conta, principalmente, da Amarras Invisíveis, nova carta ultra de elasticidade da coleção Guerra Civil, uma antecipação surpresa que atrapalhará muito seus adversários. 

Junto a Amarras Invisíveis, temos também o velho amigo Atrasar. Além dessas opções podemos contar com o cenário Posicionamento Estratégico, Suborno e se preferir a ação da carta do Homem-Aranha V4 (Aranha de ferro). Lembrando que o combo principal do deck é em cima desta ação, mas principalmente para gerar dano, não incapacitar. dependendo da necessidade do momento na partida Controle ou Dano?

- DANOS

DANO ÍMPETO

Somente é possível causar dano com Adaga Psíquica no turno que entrar em cena, ainda na etapa de preparação, mas em determinados casos (quando estiver a ponto de vencer) pode-se utilizar o Portal para o Microverso.

DANO

O dano que o deck pode causar é razoável, porém com o cenário Flores e Espinhos pode se tornar absurdo!

Sufocamento é a principal habilidade de dano no deck. Pode-se combar com a Incursão Surpreendente e esse cenário.

A "cereja do bolo" fica por conta da ação Aranha de Ferro do Homem-Aranha (Peter Parker) V4, junto com o cenário Flores e Espinhos pode-se causar um verdadeiro estrago na mesa do adversário na Fase de Preparação. Para saber mais acesse o The Game of Cards (clique aqui) Combo#6 - Aranha de Ferro. Esse combo já estava montado e que bom que o Kléber postou em seu canal, mostrando que o deck pode ser divertido e perigoso.

Neste deck a situação perfeita seria da seguinte maneira:



Em cena poderia estar Homem-Aranha V3 carregando o Homem-Aranha V4 ou vice vers., O importante é estar um carregando o outro e ter a Mulher-Aranha, única personagem do deck que compartilha a mesma afiliação que o Homem-Aranha.

A mão teria todas as cópias das cartas Homem-Aranha e Homem-Aranha Superior na mão, alguns para serem utilizados como capacitações extra e outro para evoluir.

1° Passo: Começando em 2 utiliza a ação 2 vezes indo para 0. (2 de dano e 4 de dano = 6)

2° Passo: Capacito (capacitação básica) Homem-Aranha no turno e utilizo a ação Aranha de Ferro novamente (2 de dano = 2)

3° Passo: Capacito (capacitação extra) em 1 pelo texto permanente do Homem-Aranha V3 e utilizo a ação Aranha de Ferro. (2 de dano = 2)

4° ao 7° Passo: Capacito (Capacitação extra) em 1 por descarregar uma carta de personagem com mesmo alter-ego que o Homem-Aranha em cena e utilizo a ação Aranha de Ferro. (2 de dano, 2 de dano, 2 de dano  2 de dano = 8)

8° Passo: Evoluo para Homem-Aranha Superior e caso eu tivesse mais uma carta além dessas na mão descartaria para capacitar (capacitação básica - descartar carta qualquer) em 2 assim utilizaria a ação Aranha de Ferro 2 vezes. (2 de dano e 4 de dano = 6)

9° Passo: Capacito (capacitação extra) em 1 pelo texto permanente do Homem-Aranha V3 e utilizo a ação Aranha de Ferro. (2 de dano = 2)

10° e 11° Passo: Capacito (Capacitação extra) em 1 por descarregar uma carta de personagem com mesmo alter-ego que o Homem-Aranha (as 2 cartas de Homem-Aranha Superior que faltava descarregar) em cena e utilizo a ação Aranha de Ferro. (2 de dano e 2 de dano = 4)

Ao final desta situação perfeita a quantidade de dano na preparação seria de 30 de dano

Junte a isso um Cubo Cósmica e veja os danos aumentarem para 42 de dano. Pensou em colocar Portal para o microverso em cena também?!

Claro uma situação dessas é extremamente difícil de acontecer, pois Homem-Formiga, Jóia do infinito - Tempo, a falta dessas cartas na mão e muitas outras cartas podem barrar o combo, mas acredite não é difícil de conseguir causar pelo menos a metade desses danos.

-DEMAIS ESTRATÉGIAS

Reciclagem de recurso, como disse, ainda está sendo trabalhado com o Super Computador.

Seduzir é para aumentar suas chances de fazer controle na antecipação junto com Mulher-Aranha, Atrasar e Amarras invisíveis.

Treinamento Intenso e Simbionte - Venom são para ajustar as cartas carregadas nos seus personagens e dar aquele 1 de dano penetrante.

Os suportes têm a função de: controle de recursos do oponente, travar personagens, se proteger de danos ou para finalizar a partida.

-TESTES

Infelizmente não foi possível jogar muito com o deck ainda, porém como deixarei montado até o final do ano terei oportunidades.

Joguei 2 partidas (1 vitória e 1 derrota)

1° PARTIDA - 07 X 18
Deck perdeu de 18 x 7 (dava para ter terminado 18 a 10, porém resolvi tentar reverter a situação no final da partida em uma situação que era extremamente impossível, mas acontece) Foi contra um deck de controle (Rei das Sombras, Cassandra Nova, Alto Evolucionario, Mystério e toda galera), porém o dono deste deck estava jogando a primeira vez com ele também, apesar de já ter utilizado a maioria das cartas em outros decks. Foi um jogo bem difícil para os dois que o grande diferencial foi o início da partida, pois meu adversário conseguiu comprar muitas cartas na primeira rodada com Alto Evolucionario, Descobertas infindáveis e Tecnoassalto, enquanto que eu não tive nenhuma investigação silenciosa e Atacar e Espionar
Nesta partida consegui perceber que as principais cartas são Mulher-Aranha e Homem-Aranha (V3, V4 e Superior). Super computador não ajudou em nada, pois era sempre preciso causar dano na antecipação do que comprar e para comprar eu não tinha carta nenhuma na mão que pudesse ser descartada. Contei com a ajuda do Portal para o Microverso para nocautear a Cassandra Nova (3 pontos) no final da partida e retirar outras antecipações (dava para nocautear também o Mystério e ter conseguido mais 3 pontos). No início da partida tinha nocauteado o Alto Evolucionário (4 pontos).

2° PARTIDA - 18 x 0
Segunda partida consegui arrancar uma vitória de 18 x 0 de um deck de Iluminatti (Ainda bem que não teve Dr. Estranho V2 na mesa, pois não veio na mão). Foi um deck onde todas as ações foram bem calculadas (Por exemplo tive que um momento optar por não usar adagas, mas sim Ferômonios da Mulher-Aranha na preparação para impedir de levar um Voar Alto na antecipação e assim perder a oportunidade de usar Sufocamento com Homem-Aranha). Nesta partida vi o quanto é importante Amarras Invisíveis, pois vieram 2 no início da partida para mão e usei aos poucos para manter o controle da partida. Derrotar personagens do oponente com vida/escudo alto é difícil, por isso foi muito importante saber usar as Amarras invísveis para pará-los. Consegui derrotar Feiticeira Escarlate, Homem-Formiga, Caça-Hulk e por último Máquina de Combate V2. Na segunda partida consegui usar o combo da Aranha de Ferro para nocautear o Máquina de Combate, usei 3 vezes a ação (já estava em 1 capacitei em 1 descartando uma carta qualquer e depois quando foi para zero utilizei a capacitação do texto do V3, pois controlava Mulher-Aranha também) Se precisasse dava para usar mais 2 vezes, pois na minha mão tinha 2 Homem-Aranha V4 ainda.

Ao final desses testes percebi que era necessário algumas mudanças na deck-list e foram alteradas as seguintes cartas:

Saíram:
1x Suborno
1x Super Computador
1x Descobertas Infindáveis
1x Entrincheirados
1x Chamariz Holográfico
1x Gerador P.E.M.

Entraram:
1x Fechar o Cerco (BSOS)
1x Enclausurar (BSIC)
2x Múltiplas Opções (BSET)
1x Portal Para o Microverso (BSET)
1x Armadilha Reforçada (BSPO)

Então por hoje é só!

Espero que tenham gostado dessa dica de deck para diversão!

Numa próxima oportunidade espero trazer um deck rumo ao Meta de Guardiões da Galáxia, baseado no deck já utilizado a muito tempo (clique aqui), Guardiões Imprevistos.

Até a próxima jogadores!

QUIZ BATTLE SCENES - RESPOSTA E EXPLICAÇÃO N° 05

quinta-feira, 28 de abril de 2016
Posted by Daniel Dorigo

Olá jogadores,

Estamos de volta com o nosso programa Quiz Battle Scenes!

O Quiz n° 05 trouxe muitas dúvidas a todos os jogadores, tanto que ninguém acertou!

Confesso que eu não teria acertado se não fosse a explicação dada, na semana do Quiz, para o assunto referente à Planejamento em Equipe e Experimentos sabotados, no grupo do facebook.

Isso mostra o quanto o jogo ainda está em crescimento, ao apresentar ainda muitas dúvidas, mas que somente com a ajuda de todos (jogadores e desenvolvedor) poderemos resolver esses problemas!

Situação I - Treinador, Entrada Triunfal, Rompante de mobilidade e Golpe Treinado

Entrada Triunfal, uma habilidade de agilidade, possui um texto permanente que libera usar esta ação no turno que entrou em cena. (Usar ação Entrada Triunfal no turno que entrou está correto).

O efeito da ação de Entrada Triunfal libera utilizar uma segunda ação de agilidade no turno que entrou desde que seja descarregado uma carta deste personagem. Sendo assim pode utilizar a ação seguinte Rompante de Mobilidade e descarregar assim a Própria Entrada Triunfal devido a obrigação do efeito da carta e descarregar o Rompante de Mobilidade que está no custo da própria carta. (Usar ação Rompante de mobilidade no turno que entrou, após a ação Entrada Triunfal e ter pago os custos está correto).

O Efeito da ação Rompante de mobilidade libera utilizar uma próxima ação de agilidade, mas aí que está o problema! Rompante de mobilidade não libera usar uma ação no turno que entrou, sendo assim não poderia usar a ação Golpe Treinado logo após usar a ação Rompante de mobilidade. (Usar ação Golpe treinado no turno que entrou, após a ação Rompante de mobilidade está errado).

Para mais duvidas com relação essa sequência leia este artigo postado pela Copag, pois poderá ajudar em futuras situações. Clique aqui

Situação II e III - Planejamento em equipe, Experimentos sabotados e Tecnoassalto

Experimentos sabotados, nova carta da coleção Guerra Civil, tem gerado algumas dúvidas. Seu texto permanente diz o seguinte: "Enquanto este personagem tiver genialidade, toda vez que o efeito de uma ação de genialidade de um personagem que você controla fizer com que você compre um ou mais cards durante a Fase de combate. Experimentos sabotados causa 1 ponto de dano em um personagem ou suporte."

A grande dúvida gerada na época foi a seguinte, Planejamento em equipe faz você comprar cartas em dois momentos no efeito da ação. Primeiro momento compra 2 cartas, no segundo momento compra 2 cartas caso tenha algum personagem que apresente a mesma afiliação do personagem que usou esta ação controlado pelo mesmo jogador. Seria estes efeitos analisados como sendo comprado 4 cartas no total e assim dando apenas 1 ponto de dano, ou não? Logo foi respondido pelos jogadores e pela Copag.

O texto de Experimentos sabotados não faz você dar 1 de dano a cada ação de compra realizada, ou cada efeito (contabilizado como o efeito total), mas sim causa 1 de dano a cada momento no efeito de uma ação de genialidade fizer com que você compre cartas. E no Planejamento em Equipe, na situação II, você comprará em 2 momentos. Primeiro comprará 2 cartas, logo dará 1 de dano. No segundo momento, como você controla o Senhor das Estrelas que possuí a mesma afiliação do Rocket Racoon, você passará a comprar novamente 2 cartas e assim dará 1 de dano novamente. Assim ao final de todo esse processo, Experimentos sabotados terá causado 2 de dano.

Com relação a situação III é fácil visualizar que Experimentos sabotados não causará dano, pois, apesar de você ter comprado 2 cartas, na Fase de combate, ao carregar a carta Tecnoassalto no personagem, o efeito de compra de cartas foi ativado por um Texto permanente da carta Tecnoassalto e não por um efeito de uma ação de genialidade, por isso Experimentos sabotados não causará 1 de dano sendo assim, estaria errada a situação III.

Situação IV - Incursão surpreendente, Rompante Expansivo e Flores e Espinhos

Esta situação foi a que causou mais confusão para todos os jogadores e foi a que fez todos errarem. Vamos a explicação.

O cenário Flores e Espinhos diz o seguinte: "Ações de elasticidade cujos os efeitos reduzem o valor do Escudo causam aquela mesma quantidade de dano ao invés disso. (ex: uma ação com efeito "o alvo ganha escudo -3" causa 3 pontos de dano naquele alvo ao invés de reduzir o valor do Escudo.)".

Ao utilizar a ação Incursão surpreendente, a ação libera utilizar uma ação em seguida sem pagar o custo, mas desde que a ação utilizada seja de causar dano. Rompante Expansivo, a princípio, não é uma ação que causa dano. Ela é uma ação que reduz escudo apenas, diferente de Sufocamento, uma ação de elasticidade que reduz escudo e causa dano. Apesar do cenário Flores e Espinhos está em cena transformando assim o efeito da ação de reduzir escudo em causar dano. A sequência de ações não poderá ser realizada, pois Rompante Expansivo não causa dano pelo seu próprio efeito, mas sim pelo efeito de Flores Espinhos, fato esse que impede que seja utilizada desta forma a sequência de ações.

A seguir a imagem tirada do site magicjebb com a explicação para esta situação:


Para mais dúvida visite tamb´m o site magicjebb de Fabian Balbinot, criador do jogo Marvel Battle Scenes. clique aqui. Está imagem foi tirada desta página ao falar da carta Incursão Surpreendente.

Após a longa análise de todas as situações temos a seguinte resposta como a correta: E, C, E, E

RESPOSTA DO QUIZ N° 05 LETRA "D".

Até a próxima jogadores.

Obrigado pela ajuda de Kléber, Copag e integrantes dos grupos de Facebook de dúvidas.

Espero que não deixem de participar do Quiz Battle Scenes e possam dar dicas para novas análises.
Seja Bem Vindo ao Clarim BS

Sobre


Blog destinado a compartilhar informações sobre o mundo de Battle Scenes. Decks, combos, spoilers e curiosidades sobre o mundo Marvel.

Os Mais Vistos

- Copyright © O Clarim BS